Oscar 2018 | Equipe de filme indicado é barrada na imigração e faltará à cerimônia

Publicidade

O produtor (Kareem Abeed) e o protagonista (Mahmoud Al-Hattar) do documentário Últimos Homens em Aleppo, indicado ao Oscar 2018 da categoria, não poderão comparecer à cerimônia.

Segundo o THR, ambos foram barrados na imigração síria. O governo do país não conseguirá aprovar os vistos de viagem dos dois a tempo da festa do Oscar graças a uma nova política da administração Donald Trump, que dificulta a entrada de imigrantes de determinados países (de maioria muçulmana).

Indicados ao Oscar 2018 posam para foto da classe juntos; veja

Continua depois da publicidade

O documentário segue a missão nobre dos Capacetes Brancos e seu fundador, Mahmoud Al-Hattar – a organização de médicos militares provém alívio para populações presas em meio a guerra civil síria.

“Se ganharmos, eu quero estar no palco do Oscar para dizer: ‘Está na hora de acabar com essa guerra e parar aqueles que usam o seu poder para nos destruir'”, contra Al-Hattar.

O Oscar 2018 acontece em 4 de março, com Jimmy Kimmel como apresentador.

Publicidade
© 2021 Observatório do Cinema | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade