Zoe Saldana diz que Piratas do Caribe foi “pior experiência” de sua carreira

Publicidade

Antes de brilhar em Avatar, Star Trek e Guardiões da Galáxia, Zoe Saldana conseguiu um pequeno papel em outro blockbuster – o primeiro Piratas do Caribe, lançado em 2003. No entanto, sua experiência no set foi terrível.

“Foi a pior, com certeza. Eu saí daquele filme me sentindo meio amarga”, contou ela à Cosmopolitan. “Tudo naquele set parecia muito elitista”.

Disney é processada por roubar o roteiro original de Piratas do Caribe

Continua depois da publicidade

“Lá, você lidava com algumas pessoas que eram ótimas e talentosas, e outras que não eram nada disso”, continuou. “Eu ficava pensando: ‘Era melhor ter ficado em casa, com a minha família, estudando ou viajando'”.

“Eu fui tratada de maneira realmente terrível. Ninguém falava comigo direito. Eu era como uma figurante, mas em um set no qual os figurantes não são tratados com o respeito que eles merecem como funcionários”, disse.

O antídoto, felizmente, veio logo depois – segundo ela, trabalhar com Steven Spielberg em O Terminal foi a experiência oposta.

“Ele é realmente incrível e atencioso. Tínhamos longas conversas criativas no meio do dia. Eu acho que ele sabia o que eu tinha passado então se esforçou para fazer com que eu não desistisse dessa carreira”, brincou.

Publicidade
© 2021 Observatório do Cinema | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade