Spawn | Diretor explica como filme se diferenciará dos longas da Marvel e da DC

Publicidade

Durante uma entrevista ao ComicBook, Todd McFarlane, criador do anti-herói Spawn e diretor do vindouro filme do personagem, revelou alguns detalhes do que pode se esperar do vindouro filme do herói. Para ele, o filme se diferenciará bastante dos atuais filmes de heróis (como as produções da Marvel e a DC) e muito disso virá do fato do longa ser focado no público adulto.

“Bem, você sabe, e vou fazer algumas coisas simples que não são uma norma. Mesmo indo de uma censura 13 anos para maiores de 18 anos. E sendo um filme de 18 anos, o pensamento dos executivos muda para ‘OH, não tem que ser algo que venda um monte de camisetas. Pode ser algo que seja apenas corajoso” disse o diretor.

McFarlane então explicou que há diversos elementos comuns a filmes de heróis que não serão vistos no longa. “Eu sei que estou fazendo um filme de censura 18 anos. Não há nenhum arqui-inimigo. Não há quartéis generais. Não há nenhuma grande arma de raios. Não há nenhuma das armadilhas que estamos acostumados a ver em outros filmes grandes”.

Continua depois da publicidade

Spawn | Todd McFarlane diz que filme não será terror, mas um “suspense supernatural”

Jamie Foxx estrela o filme como Al Newman, agente da CIA que é traído duas vezes – na primeira, é deixado para morrer por parceiros; na segunda, é convencido no inferno a se tornar um soldado demoníaco para rever sua esposa na superfície.

Ao voltar para a Terra, no entanto, ele descobre que a mulher superou sua morte da forma mais radical possível: se casando com o seu melhor amigo.

Enfurecido e amargo, Spawn segue cumprindo sua missão de despachar os piores habitantes da cidade onde um dia viveu para o inferno.

Michael Jai White interpretou Spawn na adaptação anterior para os cinemas, lançada em 1997.

Publicidade
© 2021 Observatório do Cinema | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade