Diretor de Aquaman aponta realização mais surpreendente da Marvel

Publicidade

A Marvel tem a maior franquia do cinema atualmente. Desde o lançamento de o Homem de Ferro, em 2008, a empresa arrecadou mais de 7 bilhões de dólares. Mas para o diretor James Wan, de Aquaman, um dos grandes feitos dos filmes da Disney foi outro.

Em conversa com a revista Entertainment Weekly, o cineasta de Velozes e Furiosos 7 revelou que acha surpreendente o modo como a Marvel lidou com o Capitão América e Thor. Antes dos filmes, Wan não conseguia ver os personagens populares fora dos Estados Unidos.

“Eu acho que a coisa mais incrível que a Marvel está fazendo é transformar o Capitão América e Thor acessíveis para o público mainstream – principalmente fora dos Estados Unidos. Quando você tem um personagem chamado Capitão América popular na Rússia e China, então qualquer coisa é possível”, destacou o diretor.

Continua depois da publicidade

Aquaman | Diretor revela cena de batalha “sem querer” em foto

O diretor, que está prestes a lançar Aquaman, ainda revelou que apenas aceitou fazer o filme porque poderá trabalhar uma história única.

“Eu disse a eles (DC Comics) que eu entendia e respeitava o fato do Aquaman fazer parte de um universo maior, mas no final do dia eu quero contar e desenvolver a história do personagem porque é muito importante para minha vida de cineasta”, destacou o diretor.

Aquaman será o sexto filme do universo estendido da DC nos cinemas, depois de O Homem de Aço (2013), Batman vs Superman (2016), Esquadrão Suicida (2016), Mulher-Maravilha (2017) e Liga da Justiça (2017).

No elenco, além do protagonista Jason Momoa, teremos Amber Heard, Nicole Kidman, Willem Dafoe, Patrick Wilson, Dolph Lundgren, Yahya Abdul-Mateen II e Temuera Morrison.

Aquaman estreia em 20 de dezembro de 2018.

Publicidade
© 2021 Observatório do Cinema | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade