Megatubarão | Cenas de extrema violência foram cortadas do filme

Publicidade

Originalmente, o filme Megatubarão teria cenas de extrema violência. No entanto, foram cortadas para que o longa conseguisse a classificação indicativa de 13 anos.

O diretor do longa, Jon Turteltaub, admitiu a informação ao Blooding Disgusting. O cineasta acredita que mesmo com a edição, fãs do gênero ainda podem apreciar o longa.

“Minha esposa está orgulhosa e eu também que minhas crianças podem ver o filme, mas o número de mortes realmente horríveis, sangrentas e desagradáveis nós combinamos que não seriam tão trágicas… Nós filmamos ou até usamos efeitos especiais para essas cenas. Nós apenas percebemos que não teríamos classificação de 13 anos se mostrássemos isso”, explicou o diretor.

Continua depois da publicidade

Turteltaub ainda contou que o corte dessas cenas não atrapalha na história em si, e ainda permite que um público maior veja o filme.

Megatubarão | Primeiras reações da crítica elogiam o filme de Jason Statham

“Eu estava indeciso em cortar o sangue e o gore. Eu não tiraria se fosse destruir a história, mas isso não destruiu”, concluiu o diretor.

Jason Statham protagoniza uma luta e tanto contra o tubarão monstro. O elenco ainda conta com Ruby Rose, Rainn Wilson, Jessica McNamee e Bingbing Li e Masi Oka. Jon Turteltaub (A Lenda do Tesouro Perdido) dirige o filme a partir do roteiro de Dean Georgaris e Jon e Erich Hoeber, que adaptam a obra homônima de Steven Alten.

Megatubarão estreia nos cinemas brasileiros em 9 de agosto.

Publicidade
© 2021 Observatório do Cinema | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade