Roma | Barry Jenkins elogia o filme de Cuarón: “é glorioso”

Publicidade

Roma, o novo filme de Alfonso Cuarón, tem conquistado as audiências nos festivais de cinema, chegando a ganhar o Leão de Ouro em Veneza. Agora, Barry Jenkins, diretor de Moonlight: Sob a Luz do Luar, deixou suas impressões sobre o filme no Twitter.

“Sim, ROMA é glorioso. É maravilhoso ver um artista operando no topo de sua performance, em uma obra tão pessoal e vigorosa. A estética é, ao mesmo tempo, pessoal e política. A estética é usada de forma maravilhosamente emotiva e devastadora”, escreveu o diretor, em tweet que pode ser lido abaixo.

Festival de Veneza | Roma, de Alfonso Cuarón, é o grande vencedor; veja lista completa

Continua depois da publicidade

Ambientada no México, Roma gira em torno de uma jovem trabalhadora doméstica, Cleo (Yalitza Aparicio), que trabalha para uma família de classe média. Cercada pelos seus colegas de trabalho, família e filhos, Cleo luta para encontrar a felicidade em um ambiente de amor e solidariedade dentro de sua comunidade, tudo enquanto enfrenta os problemas da hierarquia social e os preconceitos sofridos pela sua classe.

Roma é o primeiro longa de Alfonso Cuarón desde que ganhou o Oscar de Melhor Diretor por Gravidade. A obra foi filmada inteiramente em preto e branco. O diretor também assina o roteiro.

O filme é produzido por Gabriela Rodriguez, Nicolás Celis e pelo próprio Alfonso Cuarón. Roma será lançado na Netflix após sua estreia no Festival de Veneza.

Roma tem previsão de lançamento na plataforma de streaming para dezembro.

Publicidade
© 2021 Observatório do Cinema | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade