Uma carta de George R.R. Martin, autor de As Crônicas de Gelo e Fogo (que inspirou a série Game of Thrones), enviada para Stan Lee na Marvel, quanto ele tinha 16 anos, caiu na internet.

No texto, escrito em 1964, o escritor exaltou tanto o trabalho de Lee quanto o do seu parceiro nos quadrinhos Jack Kirby, chamando uma edição da HQ Quarteto Fantástico de “sublime”. Apesar do elogio, Martin apontou uma falha na história:

“Quando nós vimos o Fantasma Vermelho, na edição 13, ele estava preso na Lua sendo perseguido por três super-macacos, que exalavam ódio e apontavam o raio paralisador do Senhor Fantástico para ele. Agora, de repente, vocês o trouxeram de volta, controlando os macacos, sem nenhuma explicação”.


Em resposta, os quadrinistas da Marvel afirmaram que havia se “esquecido de onde tinham deixado o Fantasma Vermelho e não tiveram tempo de olhar em edições anteriores” por causa da pressão da editora para terminar a tal edição na época.

Veja os trechos da carta: