The Walking Dead | Criador diz que número de mortes diminuirá nos quadrinhos

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

The Walking Dead, seja na série de TV ou nos quadrinhos, nunca teve problemas em matar seus personagens. Protagonistas, secundários e inúmeros figurantes já sofreram mortes horríveis em toda a trama. Algo que, segundo o criador Robert Kirkman, deve mudar daqui para a frente pelo menos nos quadrinhos.

Em entrevista ao Comic Book, Kirkman disse sobre o que espera para o futuro da história, onde menos protagonistas vão morrer daqui para frente. “Na minha opinião, deve haver menos morte nos quadrinhos agora, muito menos”, confirma.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“As pessoas descuidadas, as pessoas assustadas, as pessoas aprendendo a viver neste mundo já estão mortas”, continua. “Esta é a nata da cultura, por assim dizer. Então, sim, pode haver um conflito como a Guerra dos Sussurradores e pode haver muito pouca morte. Você acha que Michonne vai apenas deixar-se morder por um zumbi ou esfaqueado por um Sussurrador neste momento? Não seria crível! Rick, Andrea, Carl, Jesus, Dwight, Negan, Maggie, essas pessoas são aço temperado! Isso não quer dizer que eles são invulneráveis, ou ‘seguros’ agora, mas seria preciso muito para matá-los”, finaliza.

The Walking Dead retoma a exibição de sua sétima temporada em 12 de fevereiro, tanto nos EUA quanto no Brasil. A série é exibida por aqui pelo canal pago Fox.

Primeiros episódios do ano terão duração estendida

Teaser do retorno da série mostra encontro entre Rick e Ezekiel

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio