Mesmo já tendo aparecido em mais filmes do que deveria, a Estrela da Morte continua sendo abordada em obras do universo expandido de Star Wars, sejam livros ou quadrinhos.

Agora, uma nova HQ (Darth Vader Annual #2) de Chuck Wendig, com arte de Leonard Kirk, Walden Wong, Scott Hanna e Nolan Woodard, deu a entender que Darth Vader permitiu que a arma do Império fosse destruída pelos rebeldes, ao menos em partes.

A trama mostra Vader indo atrás de sabotadores da arma ainda em construção. Durante a jornada ele encontra Tarkin, Orson Krennic e, eventualmente, com Galen Erso, pai de Jyn Erso e principal engenheiro da Estrela da Morte.


Ao acabar com os planos dos sabotadores, Vader invariavelmente descobre o verdadeiro propósito da arma e suas ações permitem que a construção seja terminada. Mas a história não acaba por aí.

A HQ termina com Lyra Erso, esposa de Galen, sendo abordada por um droide misterioso, que conta a ela sobre o real propósito do projeto de seu marido, antes do robô se autodestruir. O painel final mostra ela mandando uma mensagem a Galen, dizendo que eles precisam fugir.

Star Wars: Episódio 9 | Richard E. Grant dá pistas de que interpretará vilão

Não é revelado explicitamente, mas a HQ implica que Vader enviou esse droide, permitindo que Galen fugisse, evitando, assim, o término da construção. Claro que ele acaba sendo capturado novamente, mas acaba colocando a falha no projeto que levou à destruição da arma.

Obras anteriores do Universo Expandido já mostraram Vader evitando que a Estrela da Morte fosse sabotada, como Tarkin, de James Luceno, que coloca o Sith junto do Grão Moff em uma curta, porém memorável aventura.

A HQ comentada aqui, Darth Vader Annual #2, já está disponível nos EUA e pode ser adquirida no Brasil através de plataformas digitais, como a da Marvel ou o Comixology.