Com a compra da Fox pela Disney, a Marvel voltará a ter os direitos totais dos X-Men nos cinemas e poderá trabalhar os personagens em seus futuros filmes. Entretanto, essa compra da Fox também afetará a equipe dos mutantes nas histórias em quadrinhos.

Foi o que revelou o quadrinista Rob Liefeld, em entrevista divulgada pelo CBR. Segundo ele, a aquisição dos direitos dos X-Men nos cinemas afetará diretamente o modo como eles são trabalhados nos quadrinhos.

“Esse é o negócio. Desde que os filmes da X-Men começaram a ser distribuídos e a Disney não tinha os direitos, a Marvel diminuiu o número de volumes dos X-Men nos quadrinhos” explicou Liefeld. “Agora que eles tem os direitos deles, eles vão falar ‘Ah sim, nosso rendimento com os quadrinhos de X-Men aumentou, pois agora temos os direitos deles”.


Para o quadrinista, deve-se esperar um investimento maior em histórias dos X-Men nos quadrinhos assim que o acordo entre Disney e Fox for finalizado.

X-Men: Fênix Negra | Diretor revela foto dos bastidores com logotipo do filme

Mesmo com a compra da Fox pela Disney, ainda há um filme dos X-Men feito pela Fox a ser lançado: X-Men: Fênix Negra. O elenco conta com os retornos de James McAvoy, Michael Fassbender, Jennifer Lawrence, Nicholas Hoult, Alexandra Shipp, Tye Sheridan, Evan Peters e Kodi Smit-McPhee. Jessica Chastain vive a vilã do filme.

X-Men: Fênix Negra estreia nos cinemas brasileiros em 14 de fevereiro de 2019.