Em Star Wars: O Despertar da Força (2015), Han Solo (Harrison Ford) deixa a saga Skywalker após ser golpeado por seu filho, Kylo Ren (Adam Driver). No filme, o destino do famoso personagem não foi o que os fãs imaginaram, com Han comandando a Resistência ao lado de Leia (Carrie Fisher) contra a Primeira Ordem.

No entanto, as HQs de Star Wars deram ao personagem a última aventura que muitos gostariam de ter visto na telona. Em Poe Dameron Annual #2, Han Solo acaba “se juntando” ao piloto da Resistência para uma missão secreta.

Assim como no filme, a história em quadrinhos mostra que Han Solo se distancia de Leia e da Resistência após o seu filho se transformar em um líder do mal. Dessa maneira, o personagem não quer ser encontrado pelos antigos aliados.


Star Wars: Episódio 9 | Oscar Isaac diz que sente presença de Carrie Fisher

Ao lado de Chewbacca, Han ajudou, indiretamente, a Resistência a roubar uma armadura especial de um alien chamado Mek Nu’tiv. A mesma armadura era alvo de Poe Dameron e sua equipe, que invadem a nave momentos depois da dupla. Percebendo que o item tem importância para Leia, Han apenas a deixa como um presente para o piloto e seu esquadrão.

Quando Poe entrega o artefato para Leia, a general percebe pela Força quem o ajudou. Essa missão secreta também explica o motivo de em O Despertar da Força Han e Chewie serem perseguidos pela gangue de Guavian.

Poe Dameron Annual #2 já está disponível nas bancas de quadrinhos norte-americanas.