Após muita especulação, o Carnificina está oficialmente de volta ao Universo Marvel nos quadrinhos.

O retorno acontece em Web of Venom: Carnage Born #1, nova HQ da Marvel.

Na trama, descobrimos que há um culto assustador em torno da figura de Carnificina, com o assassino em série Cletus Kasady sendo adorado como uma espécie de deus; acontece que Cletus está morto e este ritual serve justamente para tentar ressuscitá-lo.


Com tecnologia simbionte, os adoradores de Cletus são muito bem-sucedidos e conseguem trazê-lo de volta à vida. Após contarem a história de como Cletus Kasady se tornou uma espécie de cadáver em um túnel escondido sob a superfície, eles oferecem um pedaço de Knull – o deus dos simbiontes – para tentar ressuscitá-lo.

Os simbiontes de Knull e Carnificina se contorcem e se tornam apenas um, permitindo que o voraz Carnificina possa viver mais uma vez. Assim que retorna, Carnificina previsivelmente assassina a pessoa que o ressuscitou e o gosto de sangue faz sua cor vermelha clássica retornar. Ele está mais perigoso do que nunca.

Venom | Eddie Brock admite ser o namorado ciumento do simbionte

Cletus Kasady apareceu na cena pós-créditos de Venom, que aborda um lado anti-herói do vilão dos quadrinhos. A ideia do estúdio é estabelecer seu próprio universo compartilhado com personagens do Cabeça de Teia, colocando responsabilidade nos ombros do diretor Ruben Fleischer (Zumbilândia).

Tom Hardy, Michelle Williams, Riz Ahmed, Michelle Lee e Jenny Slate compõem o elenco principal.

Venom está em exibição nos cinemas brasileiros.