Nos últimos anos, a Marvel colocou até nas HQs ênfase nos Vingadores, transformando o grupo dos X-Men em uma equipe secundária da editora. Para muitos, a escolha se devia ao fato da empresa não ter os direitos dos mutantes nos cinemas.

Em 2019, isso está prestes a mudar com a fusão de Disney e Fox. Os X-Men serão pela primeira vez dos estúdios Marvel, o que deve significar uma mudança editorial nas HQs da empresa.

Depois de anos de divisão, mortes e desaparecimentos dos personagens, o principal grupo dos heróis parece estar voltando à ativa. Em 2017, Charlie Xavier voltou, assim como a Jean Grey original.


Kevin Feige está animado por Marvel recuperar Quarteto Fantástico, X-Men e “centenas de personagens”

O mesmo aconteceu com Ciclope, que voltou dos mortos para ser o tutor do seu filho, Kid Cable. Recentemente, Wolverine também foi visto novamente, dessa vez com os poderes da Fênix.

De acordo com o CBR, é esperado que os heróis deixam para trás os problemas e voltem a trabalhar como um time. É esperado que tudo aconteça nas histórias de 2019. Com isso, de volta à formação original, os X-Men voltariam a ser o grupo mais poderoso da editora.

No momento, a história do grupo está em Uncanny X-Men, já está à venda nos Estados Unidos.