DC revela bizarro ritual de aniversário do Batman

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Quase todo mundo tem algum tipo de tradição quando se trata de comemorar seu aniversário. Para alguns, é uma festa de aniversário, completa com bolo, sorvete, balões e afins. Para outros, é um jantar familiar especial ou talvez até uma noite no cinema.

No entanto, em Detective Comics #999, descobrimos que o sombrio Cavaleiro das Trevas de Gotham escolhe celebrar seu aniversário de uma forma particularmente bizarra, ainda que surpreendentemente marcante.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A edição nº 998 terminou com Batman ficando de frente com o que parecia ser uma versão mais jovem de si mesmo, vestindo um traje mal ajustado, capa e capuz. No entanto, com a edição nº 999, descobrimos rapidamente que o jovem “Bruce Wayne” é apenas parte de uma simulação, à qual ele se refere como “programa 2.1”. Além disso, é revelado que tudo o que o Batman passou desde o início deste arco, incluindo Alfred sendo esfaqueado e Leslie Thompkins sendo morta, também fazia parte da simulação.

Versões de Zack Snyder de Batman vs Superman e Watchmen serão exibidas

Por quê? Quem poderia ter sido responsável por colocar o Cruzado Encapuzado nesse trauma por meio de uma elaborada fabricação?

“Esse é o sentido disso todos os anos, não é?”, o falso Bruce pergunta a Batman. “O que não te mata, te faz mais forte. Seu presente para você. Feliz aniversário, Bruce!

Como é deixado claro, o próprio Batman foi o responsável pela criação desse simulador.

Enquanto Alfred e Damian ajudam Bruce a se levantar, o último aponta que seu pai tem “uma forma estranha de celebrar seu aniversário”. Ele então pergunta a Bruce qual é o objetivo do programa 2.1, e Bruce responde: “Não é óbvio? Me matar.”

“O aparato de testes em si evoluiu com o tempo”, continua ele. “Mas, sim, este é um evento anual… que eu guardei para mim mesmo.”

Bruce então esclarece mais, explicando que o objetivo do simulador é garantir que Batman continue evoluindo e que ele nunca fique estagnado.

A tradição faz sentido para Batman, mas é muito estranha para qualquer outra pessoa. Até mesmo Damian ressalta que “Alfred poderia simplesmente ter feito um bolo”. No entanto, para alguém como Batman, não é totalmente surpreendente que ele opte por celebrar seu aniversário torturando a si mesmo.

Detective Comics #999 está disponível nos Estados Unidos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio