Os quadrinhos de The Walking Dead sofreram uma reviravolta com a morte surpreendente do então protagonista Rick Grimes, que também já deu seu adeus na série da AMC.

Porém, o ilustrador Charlie Adlard não vê isso como um problema, e garante que a série de Robert Kirkman é muito maior do que o personagem.

“Eu já sabia há muito tempo que o Rick não ficaria até o fim. Essa era uma das coisas que o Robert Kirkman me disse há anos atrás, mas eu não tinha 100% de certeza de que ele faria isso”, diz Adlard ao Express.


“A HQ deixa claro que ninguém está a salvo, nós falamos isso a todo. E eu sempre fui crente de que essa história facilmente sobrevive sem o Rick. A HQ não se chama Rick, não é Homem-Aranha, nem Superman”, argumenta.

Em The Walking Dead, a produtora e roteirista Angela Kang segue no comando da série. O elenco conta com Norman Reedus (Daryl Dixon), Melissa McBride (Carol Peletier), Danai Gurira (Michonne) entre outros. Greg Nicotero segue no comando dos efeitos especiais e como produtor executivo, juntamente com Scott Gimple e Gale Anne Hurd.

Essa deve ser a última temporada de Michonne, interpretada por Danai Gurira, que deve participar de apenas alguns episódios da 10ª temporada. A atriz deixará The Walking Dead para se juntar a trilogia de filmes sobre Rick Grimes, que tem previsão de estreia para 2020.

A 10ª temporada de The Walking Dead volta em outubro.