Thor se tornou indigno de usar o Mjolnir algumas vezes, tanto nos quadrinhos quanto no Universo Cinematográfico da Marvel. Mas foram por motivos bem diferentes.

Nos quadrinhos, esse evento aconteceu na minissérie The Unworthy Thor e no arco de Pecado Original. Lançado em 2014, essa história mostrava Nick Fury ganhando os poderes do Vigia, e entra sussurrando algo no ouvido de Thor que o fez perder a “dignidade” de usar o Mjolnir – que então acabou passando para Jane Foster.

Apenas em 2016, na conclusão do arco, foi revelado que as palavras que Fury sussurrou eram “Gorr estava certo”. É uma frase que faz menção ao arco de Thor: Deus do Trovão, onde Gorr persegue os Deuses para matá-los. Essa frase faz com que Thor perceba que ele e o resto dos Deuses não são dignos de admiração dos mortais. Isso provoca sua perda no direito de levantar o martelo.


Nos cinemas, Thor se tornou indigno quando Odin o exilou para a Terra no primeiro filme. Após passar por uma redescoberta espiritual e uma lição de humildade, ele foi capaz de levantar o Mjolnir novamente.

O Deus do Trovão retorna aos cinemas em Thor: Love and Thunder, que estreia em 5 de novembro de 2021.