Na tarde de terça, 2, os fãs de The Walking Dead se assustaram com a notícia de que as HQs da série chegariam a um fim repentino com a edição #193, lançada hoje, dia 3.

Em um pronunciamento oficial, o chefe da editora Image Comics, Eric Stephenson, falou sobre o fim dos quadrinhos de The Walking Dead.

The Walking Dead sempre teve muitas reviravoltas, mas uma coisa que nunca nos surpreendeu é o fato de que Robert Kirkman [criador da série] sempre se propôs a contar a melhor história que podia e isso sempre foi feito do seu próprio jeito. Outras HQs vendem a ilusão da mudança, mas Robert e seus colaboradores realmente abraçaram a mudança de verdade, então é mais do que justo que The Walking Dead termina confrontando a maior mudança de todas. Resolução para história que Robert iniciou há 15 anos, The Walking Dead #193 é um adeus perfeito não só para Robert e sua equipe, mas também para toda a comunidade criativa que se permite contar histórias do jeito que quiserem”.


O criador Robert Kirkman também falou sobre o fim de The Walking Dead.

“Vou dizer novamente, eu amei escrever essa série. Eu realmente não queria terminá-la. Eu inclusive… estou me sentindo estranho de certa forma. Tudo isso é estranho, é como matar um personagem principal só que ainda mais difícil. Eu não quero fazer isso, mas a história me diz que é isso que deve acontecer”, disse o autor.

The Walking Dead #193 já está disponível nos EUA.