Cuidado! Contém SPOILERS de Harleen!

O selo Black Label, da DC, acaba de lançar mais uma série: Harleen. A história alternativa reconta a origem de Arlequina.

Inicialmente, Arlequina surgiu na DC em 1993, na HQ Batman: Mad Love. A personagem era uma estrela da ginástica que conseguiu uma bolsa na Universidade de Gotham.


Na época, Arlequina tinha a ambição de “ser uma psicóloga famosa”, mas o seu principal interesse não era muito o estudo. A vilã era descrita como uma aluna que dormia com os professores para ganhar boas notas sem muito esforço.

A história de Harleen muda completamente essa origem da década de 90. Stjepan Šejić mostra que Harleen Quinzel era uma estudante brilhante na universidade e por mérito próprio. Além disso, ela seguiu a carreira “porque gostava de ouvir os problemas de amigos”.

A única relação da nova história com a original é de que a personagem sente atração “por homens mais velhos”. Agora, a personagem também é uma psiquiatra.

Um dos primeiros momentos da HQ traz Harleen apresentando um novo plano de tratamento para investidores.

Em Arkham, a situação também muda. A protagonista não tem contato apenas com o Coringa – no início, o vilão é até evitado por ela. Harleen também, pela primeira vez, tem contato, como psiquiatra, com outras figuras como o Charada e Hera Venenosa.

Harleen #1 está disponível nas bancas de quadrinhos.