ALERTA DE SPOILERS

Na edição 84 de Batman, escrita por Tom King, os leitores são levados cronologicamente pela vida do Thomas Wayne de Flashpoint até logo antes de Bruce ser assassinado por Joe Chill, um momento que muda tudo.

Nós já sabíamos que, na linha do tempo do Flashpoint, Martha Wayne se torna a Coringa, assim como sabemos que ela se mata quando descobre que existe um mundo em que seu filho cresce e se torna seu pior inimigo – Batman.


O que aprendemos em Batman #84, no entanto, é que existem outras duas vidas que ela tira que têm um grande impacto em Thomas.

Thomas chega em casa e descobre que sua esposa perturbada assassinou seu Alfred. É uma perda devastadora para ele – assim como para Bruce no universo principal -, mas infelizmente não é a última vida que a louca Martha Wayne vai tirar dele.

A medida que a edição revisita muito do que vimos anteriormente para Thomas, o vemos conhecer a Mulher-Gato de sua linha do tempo. Ela acaba sendo sua versão do Robin, em certo sentido, com Thomas levando Selina e a jovem servindo como sua companheira de trabalho.

No entanto, Martha (como o Coringa) atira em Selina e, para Thomas, é esse ato que muda tudo. Martha está morta neste momento cronologicamente, levando alguns leitores a pensar se Selina também pode estar morta.

Nesse momento, Thomas começa a ver Batman como uma maldição dolorosa e são essas perdas a motivação por trás do que Thomas diz a Bruce no final da edição.

“Alfred está morto. E você não está. Bane está quebrado, em coma no Arkham. Tire a máscara. Case com a garota. Estabeleça uma vida de calor e paz. Ouça um homem, seu pai, que escolheu o que você escolheu. Quem sofreu as consequências de ser esse morcego, esse horror. Pela primeira vez na vida, ouça. Faça o que eu deveria ter feito. Fique abaixado.”

Batman #84 está à venda nas bancas de quadrinhos norte-americanas.