ALERTA DE SPOILERS

Como uma encarnação cósmica do panteão nórdico, asgardianos não são estranhos em conceder títulos de prestígio a si mesmos, juntamente com seus inimigos e aliados.

Thor por exemplo, é conhecido como Odinson, o Deus do Trovão, o Príncipe de Asgard, o defensor de Midgard, o manejador do Mjolnir entre seus vários títulos.


E com o herói tendo feito recentemente uma aliança desesperada com Galactus, um velho amigo ressurge para confrontar Thor com um novo título próprio: Bill Raio Beta.

Deus dos Infiéis

Bill tinha sido considerado digno o suficiente para empunhar Mjolnir, tornando-o tão poderoso quanto Thor, e recebeu seu próprio mítico martelo de guerra asgardiano, o Rompe Tormentas.

Membro de uma raça alienígena que se assemelha a cavalos espaciais, Bill é um corbinita e não um cidadão de Asgard.

Quando ele enfrenta Thor para impedir a agitação renovada de Galactus em todo o cosmos, Bill é chamado de “o Deus dos Infiéis”.

O título é novo para o herói e potencialmente tem um significado duplo, ambos relacionados a histórias recentes com destaque ao personagem, e ambos escritos pelo atual escritor da série Thor, Donny Cates.

Na minissérie Death of the Inhumans, Bill revelou ter passado por momentos difíceis como o último defensor da raça Korbinite.

Visivelmente fora de forma e isolado no início da história, Bill usaria o Rompe Tormentas para ajudar Raio Negro e os Inumanos sobreviventes a fazerem sua última batalha antes de reconstruir seu outrora poderoso reino à beira da extinção.

Embora bem-sucedida, a aparência de Bill sinalizou uma mudança mais sombria para o personagem que persistiu com ele quando ele ressurgiu em um conto cósmico subsequente de Cates.

O arco final da jornada de Cates em Guardiões da Galáxia contou com a equipe de espaçonaves assumindo a Igreja da Verdade, com Bill entre a equipe.

O culto religioso doutrinou qualquer um que cruzasse seu caminho, usando sua fonte de vida para abastecer sua poderosa espaçonave e seu conjunto de armas, enquanto atacava a Terra como seu próximo alvo.

Os Guardiões permaneceram como a última linha de defesa contra a cruzada profana da Igreja da Verdade e emergiram triunfantes.

O novo apelido de Bill talvez seja uma referência à sua oposição aos fervorosos fanáticos que tentavam subjugar os chamados “sem fé” do universo.

Thor #3 já está à venda nas lojas de quadrinhos norte-americanas.