O Homem-Morcego e Azrael têm um confronto ardente em Batman: A Maldição do Cavaleiro Branco #8, e o herói acaba quebrando sua mais importante regra: a de não matar.

Confronto

Azrael planeja derrubar a barragem no reservatório de Gotham, e Batman e Asa Noturna partem atrás dele para impedi-lo.

Depois de encontrar o vilão na represa, Batman diz que eles devem lutar com sua espada, já que “é a vontade de Deus”.


Azrael perde sua espada para Batman e com pouca defesa, ele pergunta ao herói se seus pais sabiam da verdadeira história da família Wayne:

“Eles sabiam que eram suínos envoltos em pérolas? Sanguessugas se alimentando do maldito chapim de Gotham. Aristocratas falsos de uma linhagem podre.”

Um Batman enfurecido corta a garganta de Azrael em um momento chocante. Os dois têm um último momento antes de Azrael sangrar e morrer.

Batman: Maldição do Cavaleiro Branco termina com o herói se trancando na prisão e com sua fortuna sendo compartilhada em Gotham.

Batman conheceu as repercussões de matar Azrael e revelar sua identidade. Agora, ele tem que pagar por isso. É um final adequado para um grande arco que não teve medo de abalar a história e as principais crenças do herói.