Com técnica inusitada, Wolverine descobre segredo de herói da Marvel

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na série do Homem-Aranha de Todd McFarlane (edições 8-12), de 1991, Wolverine foi encarregado de descobrir o que estava acontecendo na cidade de Hope, na Colúmbia Britânica, onde crianças eram misteriosamente assassinadas.

A culpa foi atribuída a um monstro chamado “Wendigo”, que o povo da cidade considerava responsável.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Identidade descoberta

No entanto, a investigação de Wolverine o leva diretamente no caminho de Peter Parker – que está na cidade sob ordens diretas de J. Jonah Jameson para tirar fotos do incrível monstro.

Wolverine pede ajuda a Peter com Wendigo e resolve o caso. No entanto, Wolverine (nas sombras e invisível) não hesita em chamá-lo de Homem-Aranha. “Uh, o que você disse?” Peter responde.

Wolverine desaparece enquanto Peter se pergunta abertamente como alguém a mais de 5.000 quilômetros de distância de Nova York poderia saber quem ele é.

Felizmente, Peter não está muito preocupado, considerando que seu senso de aranha não disparou na presença de Wolvie.

Então, como Wolverine descobriu que Peter Parker era o Homem-Aranha? Está tudo no nariz dele. Por acaso, Wolverine foi à cidade na hora certa em busca de ajuda.

Ele reconheceu o perfume do Homem-Aranha (sem seu traje) e chegou à conclusão natural de que Peter Parker é o atirador de teias.

Pode ter sido uma grande coincidência o fato de o Homem-Aranha estar na mesma cidade canadense que ele, mas o acontecimento permitiu que ele obtivesse a ajuda necessária para descobrir o verdadeiro assassino de crianças na cidade.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio