Rick Remender continua aproveitando o isolamento pelo coronavírus compartilhando histórias e obras de arte não utilizadas, incluindo uma centrada nos X-Men.

Projeto não utilizado

Em um tweet, o escritor revelou que foi abordado em 2019 para supervisionar a franquia da Marvel, mas recusou.

A HQ dos heróis acabou indo para Jonathan Hickman, cuja reinicialização da saga foi recebida com muita aprovação dos fãs de longa data.


“Acabei de encontrar meus planos completos de X-Bible de dois anos a partir de quando eu assumiria os livros dos X. Não os abri desde que saí em 2014.

Era muito centrado no Fantomex, Jean e Professor X-orn. O grande vilão era o Mestre Mental. Só não conseguia fazer a história dos Inumanos.”

O título principal, The Extraordinary X-Men, teria visto o Fantomex retornando à Escola Jean Grey de Ensino Superior, um lugar abandonado depois que os Inumanos o atacaram. Muitos X-Men, incluindo Psylocke, teriam morrido.

Remender diz neste tweet que pretendia se concentrar em Fantomex, Jean Grey e Xorn, que se tornaria Professor Xorn após a invasão dos Inumanos.

Por fim, ele não conseguiu fazer a história dos Inumanos obrigatoriamente editada e abandonou a franquia.