ALERTA DE SPOILERS

Dragon Ball conta com algumas mortes bem brutais em seu histórico. Agora, uma de autoria do vilão Moro promete entrar para o grupo das mais fortes da franquia.

No capítulo 58 do mangá, Goku está de volta para Terra e pronto para parar Moro, conhecido também como um devorador de planetas. Mas, antes, o protagonista tem outros desafios.

Como uma boa saga de Dragon Ball, Goku tem que enfrentar soldados do vilão antes de chegar ao confronto principal. Assim, o herói é obrigado a lutar contra Saganbo, um dos comandados de Moro.


O soldado, um dos mais dedicados de Moro, quer mostrar como é forte. O vilão apoia, mas o mangá traz uma reviravolta chocante.

Morte brutal em Dragon Ball Super

Saganbo mostra ter bastante vontade e não mostra cansaço ao lutar contra Goku. Ao receber uma injeção de poder de Moro, fica um adversário ainda mais difícil.

De repente, porém, Goku percebe algo aterrorizante. O corpo de Saganbo não aguenta toda essa força.

“Moro! O corpo dele atingiu o limite! Você tem que parar de dar energia para ele”, pede Goku ao vilão.

No fim da batalha, o corpo de Saganbo começa a ficar deformado e ao receber a última dose de poder, o soldado explode. Primeiro, um líquido escorre pela boca dele até que o personagem vira simplesmente uma poça de sangue.

“Não tenho amigos – esses são meus soldados. Podem morrer, mas eu sempre pego mais”, diz o vilão Moro, mostrando não ligar para Saganbo.

O mangá de Dragon Ball Super continua sendo publicado no Japão. Na TV, a série está em hiato.