Se as maiores ameaças do Universo Marvel fossem classificadas, Galactus, o Devorador de Mundos, provavelmente ficaria no topo da lista.

No entanto, apesar de fazer várias tentativas para destruir a Terra, Galactus considera o planeta dos seres humanos entre os seus favoritos – e ele fez muito para garantir sua sobrevivência.

Galactus foi criado por Stan Lee e Jack Kirby e apareceu pela primeira vez na saga épica do Quarteto Fantástico “A Trilogia Galactus”.


Na história de três edições, Galactus é convocado pelo Surfista Prateado para se alimentar do planeta.

Enquanto o Surfista eventualmente se vira contra Galactus e se une ao Quarteto Fantástico para detê-lo, a primeira introdução do vilão gigante à Marvel Comics se concentrou nele tentando se alimentar na Terra. Porém, Galactus faz mais para ajudar a Terra do que prejudicá-la.

Herói injustiçado?

Na Marvel Comics #1000, um novo lado de Galactus é mostrado. Na história de uma página “The Farmer”, o vilão tem um monólogo sobre como a Terra o vê apenas como uma ameaça, quando, na realidade, ele fez muito para ajudar o planeta a não ser destruído.

Ele conta a história de uma ovelha (Terra) e um fazendeiro (Galactus). Na história, ele diz que uma ovelha pode viver a vida inteira sem ver um fazendeiro e talvez nunca entenda o que faz por elas.

“Ela pode nunca perceber que é a favorita dele” e “conhecerá o fazendeiro no final, quando for a hora da colheita. Quando estiver com fome”.

As palavras de Galactus são justapostas com imagens de uma briga com Thanos. Como as ovelhas, a Terra nunca verá as batalhas que teve que enfrentar para protegê-la. Eles só vêem o massacre, ou no caso de Galactus, quando ele se alimenta.

A história mostra que Galactus impediu ameaças quase tão grandes (ou até maiores) que ele de destruir a Terra – embora isso não desculpe suas transgressões passadas.

Embora os heróis possam não ver Galactus como um aliado, o fato de ele continuamente impedir que a Terra seja exterminada – neste caso por Thanos – estranhamente faz dele um dos maiores heróis da Terra sem que o planeta saiba disso.

É uma pena que ele precise se alimentar de planetas; caso contrário, Galactus seria uma adição bem-vinda aos heróis mais poderosos da Terra.