Em Wolverine #2, Logan se lembra de uma alucinação que fez parecer que ele estava derrubando seus inimigos Lady Letal, Dentes-de-Sabre e Doutor Cornelius, da Arma X, em vez de seus companheiros de equipe.

Logan também descobre que ele não foi o único X-Men que se voltou contra seus companheiros pela nova vilã que controla a mente dos heróis, a Pale Girl.

Nova vilã

Como parte de seu contrato diplomático com o resto do mundo, a nação mutante Krakoa está exportando um punhado de medicamentos que salvam vidas em todo o planeta.


No entanto, algumas das drogas milagrosas começaram a desaparecer, e na verdade estão sendo usadas para criar uma droga de rua chamada pólen pelo misterioso Cartel das Flores.

Enquanto Wolverine já encontrou um grupo de adoradores de mutantes que aprenderam os efeitos colaterais letais do pólen em primeira mão, as pessoas que cruzaram o Cartel das Flores estão começando a aparecer mortas ou gravemente machucadas por feridas autoinfligidas.

Como o ataque de Wolverine à X-Force, essas baixas são obra de Pale Girl, uma presença misteriosa e fantasmagórica que parece ser a principal executora do Cartel das Flores.

Embora a natureza exata de suas habilidades permaneça incerta, ela já manipulou as mentes com consideráveis ​​defesas psíquicas.

Sem mostrar nenhum esforço árduo de sua parte, a Pale Girl orquestrou a execução da X-Force e a humilhação dos Carrascos, duas equipes cheias dos heróis mais experientes da Marvel.

Embora isso seja suficiente para qualquer vilão causar uma primeira impressão duradoura, a Pale Girl ainda não terminou de causar estragos no mundo dos X-Men

Nos momentos finais de Wolverine #2, ela possui Wolverine e o faz matar Jeff Bannister, um agente da CIA que está investigando pólen e trabalhando ao lado de Logan.

Ao matar um humano, a Pale Girl apenas fez Logan quebrar a lei suprema de Krakoa, e isso pode muito bem ainda atrair a atenção indesejada do governo dos EUA.

Wolverine #2 já está à venda nas lojas de quadrinhos norte-americanas.