As HQs de The Walking Dead chegaram ao fim em 2019, de forma surpresa. Os fãs não sabiam que a série tinha acabado até que a edição #193 foi lançada.

Alguns leitores ficaram bravos com Robert Kirkman. The Walking Dead tinha feito capas e até publicado possíveis prévias de edições futuras.

Tudo era uma forma de enganar o público e aumentar a surpresa com o fim da HQ de The Walking Dead. Para o CartoonistKayfabe, o criador da história em quadrinhos relembrou da estratégia.


“Foi divertido e estou surpreso que deu certo. Anos de entrevistas em que me perguntavam, ‘Quando The Walking Dead vai acabar?’, e eu respondia, ‘Nunca. Nunca vai acabar. Vai existir para sempre’. E na minha cabeça estava como, ‘Faltam 24 edições, 16 edições, 12 edições, 8 edições…'”, relembrou o quadrinista.

No fim das contas, Kirkman passou anos mentindo para os fãs. O quadrinista garante que se sente mal por isso.

“Eu não me sinto bem sobre isso, não gosto de mentir, mas para esconder uma surpresa dessas? Eu me senti importante”, declarou o criador de The Walking Dead.

Sentimento dos quadrinhos

Kirkman revelou o que o fez dar essa surpresa aos fãs. Para o quadrinista, tem uma relação com um sentimento da juventude dele.

“É difícil esconder um segredo, mas isso me levava para um lugar que me empolga sobre os quadrinhos. Sobre ir na loja, ver a capa de uma distância e pensar, ‘Espere, o que é? O que será que vai acontecer?'”, contou o criador de The Walking Dead.

Enquanto isso, na TV, The Walking Dead não tem previsão para chegar ao fim. Os fãs especulam que isso estaria próximo de acontecer, uma vez que a série se aproxima do arco de Commonwealth.

A produção da série, por sua vez, não dá uma resposta conclusiva sobre o assunto.

The Walking Dead está em hiato. A série não conseguiu exibir o capítulo final da 10ª temporada, sem data por causa do coronavírus (COVID-19).

Mesmo assim, o seriado já está renovado para 11ª temporada. No Brasil, The Walking Dead é exibida pela Fox.