A Marvel Comics está indicando a morte da Capitã Marvel. O mais novo evento da Marvel é “Empyre”, uma invasão alienígena que ameaça destruir a própria Terra.

Os impérios Kree e Skrull concordaram em trabalhar juntos em um ataque à humanidade, vista como uma inimiga em comum. Em uma reviravolta chocante, as raças alienígenas agora unidas são lideradas por Hulkling, um dos Jovens Vingadores.

O evento foi seriamente interrompido pela pandemia de coronavírus, que paralisou toda a indústria de quadrinhos, mas a Marvel está determinada a colocar as coisas de volta nos trilhos.


A Capitã Marvel descobriu recentemente que ela é meio-humana/meio-Kree e, como tal, deve desempenhar um papel fundamental em “Empyre”. Carol Danvers se tornará a nova Acusadora Suprema, um papel fundamental na estrutura de poder do Império Kree.

O conjunto normal de poderes da Capitã Marvel é fenomenal o suficiente, mas agora ela receberá uma poderosa e nova Arma Universal com a qual poderá julgar planetas inteiros. Mas isso não significa que Carol Danvers esteja se tornando uma vilã; algo mais complicado está acontecendo.

A morte da Capitã Marvel?

Mas novos detalhes divulgados recentemente indicam que a história de “Empyre” de Carol está destinada a terminar em tragédia.

A Marvel lançou novas solicitações para setembro de 2020, incluindo para Capitã Marvel #21. E a imagem da capa indica claramente a morte da Capitã Marvel.

A sinopse, aliás, revela: “A ascensão e queda da Acusadora Suprema. O fim de uma guerra, o fim de uma ERA… e o nascimento de um mundo ainda mais perigoso. Carol Danvers deve fazer uma escolha que definirá sua vida e a vida das pessoas mais próximas dela.”

Nos Estados Unidos, Capitã Marvel #21 será lançada em setembro. Você pode ver a capa da HQ abaixo.