O cartunista Joaquín Salvador Lavado, conhecido como Quino, famoso por ter criado os quadrinhos da Mafalda, faleceu aos 88 anos. Ele sofreu um AVC e acabou não resistindo.

A informação foi confirmada pelo editor do cartunista argentino, Daniel Divinsky.

Lavado nasceu em Mendoza, na Argentina, em 1932. Seus quadrinhos foram os mais traduzidos da língua espanhola.


Quino retornou à sua cidade natal em novembro de 2017, após a morte de sua esposa, Alicia Colombo.

O cartunista tinha pais espanhóis, de Fuengirola. Eles se mudaram para a Argentina nos anos 1930.

Quino sempre quis ser cartunista e chegou a estudar Belas Artes na Universidade de Cuyo, na Argentina. Ele não terminou o curso, mas, obviamente, isso não o impediu de seguir uma carreira de sucesso.

Criação da Mafalda

Em 1962, ele criou a Mafalda, como parte de um anúncio de eletrodomésticos da Mandsfield (de onde surgiu o nome da personagem).

A publicidade, contudo, foi rejeitada pelos jornais e os personagens foram colocados no limbo até 1964, quando ele resgatou a Mafalda para uma tirinha no jornal Primera Plana.

Eventualmente, os livros das suas personagens seriam traduzidas para mais de 30 idiomas, vendendo milhões de cópias ao redor do mundo.

Suas tirinhas são conhecidas pelas críticas sociais e políticas, com Mafalda sendo uma criança claramente mais madura do que parece ser.