Revelada a origem obscura de vilão de Pokémon

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os vilões mais famosos da franquia Pokémon são, sem dúvida, os membros da Equipe Rocket.

Enquanto os fãs casuais provavelmente vão pensar no trio Jesse, James e Meowth e suas palhaçadas no anime, a Equipe Rocket é na verdade uma enorme organização ao estilo da máfia com um grande papel a desempenhar na tradição da série.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Apesar de figurar fortemente no anime e em vários jogos, ainda há muito que não se sabe sobre a Equipe Rocket, no entanto, especialmente quando se trata de seu líder.

O líder da Equipe Rocket é um homem chamado Giovanni, que usa seu papel como líder do ginásio de Viridian City como cobertura para suas atividades mais ilícitas. Ele é famoso por ser associado ao grande gato Pokémon, Persian, e costuma ser mostrado acariciando-o em seu colo enquanto se comunica das sombras.

Persian faz sentido como seu Pokémon no anime, pois traça um contraste com o menos bem-sucedido Meowth do trio da Equipe Rocket, mas por que Giovanni tem laços tão fortes com Persian em outras mídias?

Com muitos outros Pokémon mais poderosos à sua disposição, nunca houve uma razão clara para Persian receber um tratamento tão especial. Mesmo o mais dedicado dos fãs provavelmente não terá uma resposta para essa pergunta, mas um mangá obscuro dos primeiros dias da série oferece uma explicação.

Embora o título possa soar como um mangá Isekai moderno, How I Became A Pokémon Card é na verdade uma série que fornece algum contexto para as cenas retratadas na arte dos primeiros cards colecionáveis ​​de Pokémon.

As cenas retratadas nos cards são geralmente autoexplicativas, mas o artista e criador deste mangá, Kagemaru Himeno, usa a oportunidade de algumas maneiras interessantes. O mais notável pode ser o capítulo 17, onde o mangá explora a história em torno do card de Persian do conjunto original da selva.

A origem do vilão

O Persian do mangá é mostrado fugindo de caçadores ilegais, sendo ferido no processo. Um menino tropeça no Pokémon enrolado sob uma árvore (conforme mostrado no card) e tenta ajudá-lo, mas é muito defensivo e dá golpes sempre que tenta se aproximar. Isso continua por vários dias, até que o menino encontra Persian inconsciente.

Ele leva Persian para um médico de Pokémon na cidade, que diz ao menino que Persian ficará bem após o tratamento. Mas quando o menino vai embora, o médico chama os caçadores furtivos, que vêm buscar.

O menino vê os caçadores furtivos chegando e implora para que o Persian confie nele, e juntos eles destroem o caminhão dos caçadores e fogem.

Há então uma mudança para Giovanni meditando com seu Persian sobre seu longo relacionamento, antes que um treinador (provavelmente o protagonista do jogo/mangá, Red) apareça para o que ele acredita ser sua batalha final.

É interessante comparar essa história de fundo de Giovanni e Persian com suas atividades posteriores quando adulto. O incidente aparentemente daria a Giovanni motivos para não gostar de caçadores furtivos de Pokémon, mas a atividade principal da Equipe Rocket é roubar e traficar Pokémon.

Na verdade, os caçadores furtivos do mangá são mostrados apenas em silhueta e aparecem vestidos de maneira semelhante aos membros da Equipe Rocket.

A Equipe Rocket existia antes de Giovanni, ou ele era o fundador, como às vezes foi sugerido? É possível que Giovanni tenha trabalhado para se tornar o chefe da Equipe Rocket como parte de alguma busca por vingança?

A história oferece uma razão pela qual Giovanni está disposto a respeitar as regras da batalha Pokémon e se render a Red depois de ser derrotado: ele também tem fortes laços com seu Pokémon e pode reconhecer que a destreza de Red é resultado dos laços que ele compartilha com sua equipe.

Na maioria das encarnações, Giovanni desfaz a Equipe Rocket após sua derrota para Red em Viridian City. Embora esta história de origem não redima Giovanni ou torne suas ações como chefe menos malignas, ela fornece um pouco mais de nuance para um personagem que muitas vezes é unidimensional.

No Brasil, Pokémon – A Série: Liga Índigo está agora disponível na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio