Publicidade

Opinião honesta

Escritor da DC detona mudança no Superman: “Ridículo”

Grant Morrison abordou a tendência de transformar o Homem de Aço em um vilão

Publicado por Victor Carvalho

30/06/2021 20:37

Com representações alternativas do Superman na DC e análogos do mal correndo soltos, o célebre escritor do Superman, Grant Morrison, ofereceu suas observações sobre a tendência subversiva.

Morrison, que está se juntando a Mikel Janin para lançar Superman and the Authority em julho nos Estados Unidos, opinou sobre abordagens decididamente mais sinistras do Homem de Aço, incluindo histórias de universos alternativos como Injustice, durante uma entrevista com o Comic Book Resources (como abordado em uma matéria de Sam Jones).

E sem surpresa, Morrison está pouco impressionado com as representações mais violentas do Superman atualmente prevalecentes em várias mídias.

“Me parece que é algo resumido às estruturas patriarcais que têm nos oprimido e o Superman pode facilmente ser representado por isso. Essa figura de pai cuidando de nós pode ser feita de forma autoritária, mas acho que é um erro”, disse Morrison ao Comic Book Resources.

“Eu acho que a ideia de que Superman reagiria à morte de Lois Lane se tornando um tirano é ridícula. Minha mãe e meu pai morreram e eu não me tornei um tirano. Se eu posso lidar com isso, Superman pode lidar com isso.”

A tendência de tornar Superman um vilão

Além de Injustice, análogos do Superman abraçando a vilania são proeminentes em histórias incluindo Invincible e The Boys, usando seus poderes devastadores para oprimir e brutalizar a humanidade.

Para Morrison, Superman and the Authority fornecerá uma abordagem decididamente diferente para um controle mais autoritário da humanidade, oferecendo uma perspectiva mais extraterrestre ao tentar imaginar uma utopia e evitar que a espécie voltasse aos seus instintos básicos e as pessoas se destruíssem.

“Eu acho que há um certo grau de, se ele é tão poderoso, ele não poderia mudar as coisas? Estamos meio que nos inclinando para a ideia de que ele é um homem muito bom e quer fazer o melhor por nós, mas ele não é realmente humano.”

“Ele não quer nos mudar, mas chegou ao ponto em que pensa que talvez devesse nos mudar, talvez precisemos disso”, continuou Morrison.

Superman and the Authority #1, da DC, estará disponível nos Estados Unidos a partir de 20 de julho.

Publicidade