História mais revoltante da Marvel vai deixar fãs passando mal

Um arco da editora envolvendo Capitã Marvel consegue superar qualquer outro controverso momento dos quadrinhos

Publicado em 18/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma edição comemorativa se tornou a pior história já feita pela Marvel. O arco é revoltante e deixa os fãs passando mal.

Em 1980, a Marvel lançou a edição #200 de Vingadores. Deveria ser uma HQ comemorativa pela marca atingida. Para chamar atenção, um mistério seria revelado.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Três edições antes, Carol Danvers, a Ms. Marvel – que atualmente seria a Capitã Marvel, tem uma gravidez misteriosa. Isso fez com que toda equipe começasse a investigar essa acontecimento possivelmente cósmico.

De repente, um menino chamado Marcus nasce. Com poucas horas, ele se torna um adulto e com uma inteligência avançada. A aparição dele faz com que a Terra receba ameaças de várias eras.

Enquanto os Vingadores batalham, algo revoltante acontece. Marcus faz uma lavagem cerebral em Ms. Marvel, a mãe dele, e a estupra para que ela o tenha como filho dele mesmo.

Marcus explica que é filho de Immortus, versão do futuro de Kang, o Conquistador, e que foi criado no limbo. Para ter uma versão na Terra, ele queria uma mulher forte que fosse sua mãe. Assim, escolheu a Capitã Marvel.

Para piorar essa história revoltante, a Ms. Marvel, ou Capitã Marvel, decide deixar a Terra com Marcus para viver no limbo – claramente sob os efeitos do poder do vilão. Thor, Homem de Ferro e Capitão América não fazem nada.

A situação gerou revolta dos leitores e Carol Danvers só foi aparecer um ano depois na Marvel. No retorno dela, uma HQ mostrou o sofrimento dela e a editora admitiu como seguiu uma linha completamente errada em Vingadores #200.

Capitã Marvel no cinema

No cinema, a história de Carol Danvers é bem diferente. Após um elogiado primeiro filme, a heroína de Brie Larson volta para Capitã Marvel 2, sequência chamada de The Marvels.

A história da heroína continua após Vingadores: Ultimato e ainda deve ganhar companhia.

Informações prévias sobre The Marvels afirmam que, além de Brie Larson, o filme contará com Teyonah Parris como Monica Rambeau e Iman Vellani como Kamala Khan, a nova heroína Ms. Marvel.

Além disso, a atriz britânica Zawe Ashton (Velvet Buzzsaw) também foi escalada no papel de uma antagonista desconhecida.

O título pode até não ter pego muita gente de surpresa, mas apresenta alguns detalhes importantes sobre a trama da continuação da história da Capitã Marvel.

Com o título The Marvels, é possível concluir que o longa abordará a história de mais de uma personagem com a alcunha Marvel: Ms. Marvel.

Ou seja, a jovem heroína de Iman Vellani não fará apenas uma participação especial, mas deve desempenhar um papel bastante importante na produção.

Além disso, há a expectativa de que Monica apareça como a Fóton. Em WandaVision, a personagem ganha poderes.

Capitã Marvel 2, ou The Marvels, chega em 11 de novembro de 2022. Já a série da Ms. Marvel deve chegar em 2021 no Disney+.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio