Morte de Feiticeira Escarlate fica pior na nova linha do tempo da Marvel

História em quadrinhos revelou como o Duende Verde matou uma versão alternativa da personagem

Publicado em 24/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Feiticeira Escarlate sofreu muito no Universo Marvel, mas no mundo de Heroes Reborn, ela morreu de uma forma horrível e perturbadora, e tudo foi graças ao Duende Verde. Conforme o evento se desenrolava, tornou-se claro que este novo mundo é um espelho sombrio do universo regular da Marvel, e em Heroes Reborn #7, os leitores descobrem que a Feiticeira Escarlate foi uma vítima.

O Esquadrão Supremo, a equipe que é uma espécie de paródia da Liga da Justiça, é a principal equipe de super-heróis da Terra em Heroes Reborn, e os Vingadores nunca existiram. Mesmo nessa realidade alternativa, o Duende Verde é um dos vilões mais perturbadores, assumindo uma personalidade semelhante ao Coringa – o contraste perfeito para Falcão Noturno, uma paródia sombria do Batman.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Lentamente, mais pessoas estão começando a se lembrar do mundo antes de ele mudar, e os Vingadores estão voltando para consertar as coisas. Isso colocou o Esquadrão Supremo em pânico, e eles começaram a encontrar respostas para quem os Vingadores realmente são – um caminho que os leva direto ao Duende Verde.

Em Heroes Reborn #7 de Jason Aaron, Aaron Kuder, Dean White e Cory Petit, o Duende Verde está detido no Asilo Ravenscroft (a versão da Marvel do Asilo Arkham) e dois membros do Esquadrão Supremo, Princesa do Poder e o Ciclone, estão interrogando o Duende Verde, tentando descobrir qualquer coisa que ele possa saber.

O Duende Verde imediatamente começa a tentar virar o jogo contra eles, mas Princesa do Poder percebe o que está fazendo e o impede.

Ela menciona a Feiticeira Prateada (a versão de Heroes Reborn da Feiticeira Escarlate) e como Duende Verde a matou. Os leitores então descobrem que ele matou a Feiticeira Prateada sem colocar um único dedo sobre ela – à noite, ele sussurrava para ela através dos dutos de ar, cometendo uma guerra psicológica total ao devorar lentamente sua sanidade (via Screen Rant).

Os poderes da Feiticeira Prateada foram mantidos sob controle por um amortecedor, e uma noite durante uma fuga da prisão eles falharam e ela cometeu suicídio explodindo-se com suas próprias habilidades. Os leitores não descobrem muito mais, mas o Duende Verde conta um cenário horripilante do fim da Feiticeira Prateada – e depois ri disso.

Morta pelo Duende Verde

A Feiticeira Escarlate teve uma vida difícil. Seu casamento com o Visão se desfez, assim como os dois filhos que ela teve com ele. Em Dinastia M, e sob grande estresse mental, ela reescreveu a realidade e depurou um número significativo de mutantes.

Tudo isso parece empalidecer em comparação com seu destino em Heroes Reborn: trancada em um hospital psiquiátrico, privada de seus poderes e deixada à mercê do Duende Verde, que é um inimigo ainda mais assustador aqui. O Duende Verde se aproveitou de seu frágil estado mental e a incitou a tirar sua própria vida. A Feiticeira Escarlate (ou Prateada) não encontrou paz na linha do tempo regular e ela também foi privada dela aqui.

Heroes Reborn foi uma jornada sombria para um Universo Marvel alternativo, onde a Feiticeira Escarlate encontrou um fim perturbador.

Heroes Reborn #7, da Marvel, já está à venda nos Estados Unidos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio