Mais do que você gosta.

Publicidade

Nos quadrinhos

O mutante mais dispensável se torna o mais poderoso dos X-Men

Cifra era um personagem muito subestimado

Publicado por Victor Carvalho

07/01/2022 11:00

Um mutante antes considerado dispensável se tornou muito poderoso entre os X-Men. O personagem em questão é Cifra.

Por muito tempo, os poderes de Cifra foram considerados inúteis, em termos do que o mutante pode fazer em campo de batalha. Cifra é um hiper-linguista, ou seja, ele é capaz de dominar qualquer idioma, seja falado ou escrito, humano ou de origem extraterrestre.

Continua depois da publicidade

Obviamente, ter a compreensão de qualquer linguagem pode não ajudar muito em algumas situações, mas nos últimos anos, Cifra se tornou um mutante muito importante entre os X-Men. Isso é exemplificado em Inferno #4, mas a verdade é que é uma evolução que vem acontecendo há algum tempo.

Desde que os X-Men deram início a uma nação organizada, Cifra vem tendo um papel essencial como comunicador, ajudando a resolver conflitos que, de outra maneira, seriam bem mais complicados de lidar.

Com o poder de Cifra crescendo entre os mutantes, ele vem tendo cada vez mais destaque entre os X-Men, o que é curioso, considerando como ele era subestimado em outros tempos.

Personagem dos X-Men se torna o mais hipócrita da Marvel

Em Hellions #18, Magneto se torna o maior hipócrita dos quadrinhos da Marvel, tendo abandonado todos os seus antigos ideais e valores (via Screen Rant). O personagem é um dos mais importantes do núcleo dos X-Men.

Em Hellions #18, os mutantes retornam de uma desastrosa missão de resgate onde o Orphan-Maker matou brutalmente dois humanos.

Este assassinato quebra um princípio central dos mutantes e Magneto imediatamente condena o Orphan-Maker à prisão aterrorizante chamada Poço.

Magneto literalmente matou centenas de humanos durante seu tempo como um grande supervilão e até mesmo se juntou a grandes vilões, como o nazista Caveira Vermelha, na tentativa de derrotar a humanidade e seus super-heróis.

Esta não é a primeira vez que Magneto concorda em sentenciar um mutante perigoso à prisão, mas o estado mental e o trauma do passado de Orphan-Maker tornam o absolutismo de Magneto verdadeiramente apavorante.

Toda a filosofia de Magneto costumava ser que cada mutante é especial e único e que mesmo um mutante com habilidades inconvenientes é mais importante para a espécie mutante do que qualquer humano.

Magneto se desviou de seus princípios nos quadrinhos da Marvel. Ao mesmo tempo, também se tornou um grande hipócrita.

Hellions #18, da Marvel, já está à venda nos Estados Unidos.

No cinema, Magneto foi interpretado pelos atores Ian McKellen e Michael Fassbender.

Filmes e séries da Marvel podem ser assistidos pelo Disney+. Clique aqui para assinar o serviço de streaming.

Publicidade