Mais do que você gosta.

Publicidade

Acontece

Marvel erra ao perdoar grande vilão dos X-Men

Nos quadrinhos, editora tenta dar um outro lado e outros objetivos para personagens

Publicado por Bruno Tomé

02/02/2022 10:00

No novo arco na Marvel, os X-Men criaram a própria nação, que foi localizada em Krakoa. Para isso, os líderes dos mutantes acabaram perdoando muitos vilões.

Porém, um deles não poderia ser perdoado, o que mostrou ser um erro da Marvel. O personagem não cometeu apenas crimes contra mutantes – também foi um criminoso de toda galáxia.

Continua depois da publicidade

Esse personagem em questão é o Vulcano, o irmão do Ciclope. Além de ser um grande vilão, o personagem de X-Men foi responsável por uma sangrenta guerra civil com o Império Shi’Ar.

Por mais que já tenha machucado os mutantes, Vulcano causou muitas mortes e sofrimento com essa guerra no universo. Na primeira origem na Marvel, o personagem terminou morto pelas mãos do Raio Negro.

Já nesse retorno em Krakoa, Vulcano voltou sem memória. Mesmo com todo currículo sangrento, o personagem foi aceito pelos outros mutantes – a ilha, inclusive, não permite que os membros dela sejam julgados pelos crimes passados.

Isso é um grande erro na Marvel, com Krakoa mostrando que favorece de qualquer forma os mutantes, por mais errados que estejam.

No MCU, fãs acham que X-Men têm conexão com Eternos

Os fãs da Marvel estão ansiosos pela chegada dos X-Men no MCU, o que vai acontecer – apesar de não existir uma previsão. Uma teoria interessante conecta esse surgimento dos mutantes com o filme Eternos, que está no Disney+.

Os espectadores não esperam que a Marvel use o multiverso para fazer isso, até por isso essa teoria coloca os X-Men de forma orgânica no MCU. A sugestão, inclusive, é ligada com os quadrinhos.

Nas HQs, Loki fez uma revelação sobre a Terra. O planeta começa a ter heróis por causa de um Celestial doente que chegou nela após ser contaminado pela Horda.

Se o MCU quiser, ele pode seguir a mesma linha. No fim de Eternos, o surgimento de Tiamut é impedido, deixando o Celestial como um novo monumento da Terra.

Uma explicação, para os fãs, seria de que o corpo paralisado de Tiamut poderia gerar uma consequência para o planeta. Nesse caso seria o surgimento dos X-Men, com o Celestial ativando o gene mutante em quem o carrega.

Nos quadrinhos, a Marvel estabeleceu também que os mutantes foram criados após experimentos dos Celestiais. Como mostrado em Eternos, os seres fazem isso no MCU.

Essa é mais uma aposta dos fãs da Marvel após os X-Men não terem surgido com o estalo de Vingadores: Ultimato.

Eternos está disponível no Disney+.

Clique aqui para assinar o Disney+ e assistir aos filmes da Marvel.

Publicidade