Em entrevista ao Indiewire, os produtores de Jessica Jones falaram sobre o tom e a heroína titular da nova série produzida pela Marvel e Netflix após Demolidor.

“Quando sentamos e começamos a conversar sobre Demolidor, dissemos que, para todos os efeitos, seria um drama criminal em primeiro lugar e uma série de super-herói em segundo”, disse Jeph Loeb, chefe do departamento de TV da Marvel. “Uma das coisas que discutimos sobre Jessica Jones é que, em muitos aspectos, é primeiro um thriller psicológico e depois uma série de super-herói”.

Krysten Ritter estrela Jessica Jones, mas o produtor aproveitou para elogiar a performance de David Tennant como o vilão Homem-Púrpura. Segundo Loeb, o ator deve impressionar tanto quando Vincent D’Onofrio impressionou na pele do Rei do Crime.


“Da mesma forma que Vincent D’Onofrio conquistou seu lugar em Demolidor, vocês verão David Tennant conquistar o seu em Jessica Jones. A série meio que terá uma tensão de fazer você prender o fôlego. Essa é a dinâmica que vocês verão entre Krysten Ritter e David Tennant…”.

Por sua vez, a produtora executiva Melissa Rosenberg descreveu a heroína, apontando o que a torna diferente de outros heróis da Marvel como Tony Stark, Steve Rogers e Matt Murdock.

“Jessica está tentando pagar o aluguel com seu próximo cliente. Ela lida com um passado bastante sombrio, e apenas tenta viver um dia após o outro. Ela não está tentando salvar a cidade, está tentando salvar seu apartamento. No fundo, ela quer ajudar as pessoas, contribuir para o mundo, mas a sua personalidade acaba entrando no caminho. Jessica Jones é briguenta, fica bêbada, enfurecida, e boom… ela te derruba no chão. Ela não veste um uniforme, não tem uma máscara. Ela é apenas ela”.

Jessica Jones terá crossover com Demolidor

Desde que sua curta jornada como super-heroína terminou em tragédia, Jessica Jones (Krysten Ritter) vem reconstruindo sua vida pessoal e carreira como uma temperamental e sarcástica detetive particular em Hell’s Kitchen, bairro de Nova York. Atormentada por autodepreciação e um forte caso de estresse pós-traumático, Jessica luta contra demônios interiores e exteriores, usando suas extraordinárias habilidades para aqueles que precisam… especialmente se eles estão dispostos a pagar a conta, diz a sinopse oficial.

Completam o elenco do seriado: Mike Colter como Luke Cage, marido da heroína; Rachael Taylor (666 Park Avenue) como Trish Walker, melhor amiga de Jessica e alter-ego da heroína Felina; David Tennant (Doctor Who) como o vilão Zebediah Killgrave/Homem Púrpura; e Carrie-Anne Moss (franquia Matrix) como Harper, aliada poderosa de Jessica.

A primeira temporada de Jessica Jones, com 13 episódios, será lançada entre outubro e dezembro deste ano pela Netflix.

As próximas séries da parceria Marvel/Netflix são Luke Cage e Punho de Ferro – todos os heróis depois se reunião na minissérie Os Defensores, uma versão em escala menor de Os Vingadores.