O conservador Conselho de Pais dos EUA (Parents Television Council) decidiu se manifestar contra American Horror Story: Hotel, classificando a quinta temporada da série de horror como o conteúdo mais grotesco da história da televisão.

O presidente do grupo, Tim Winter, define os primeiros episódios como “uma inacreditável combinação de sexo e violência explícitos”, além da série apresentar “o conteúdo mais vil e chocante já visto na TV”.

Entre as cenas mais “fortes” do primeiro episódio, uma orgia regada a muito sangue envolvendo Lady Gaga e Matt Bomer e uma gráfica cena de estupro, que mostra o personagem de Max Greenfield sendo violado por um brinquedo sexual com pontas de ferro. O segundo episódio continuou nessa linha, jorrando litros de sangue na tela.


O Conselho de Pais também alerta aos patrocinadores para investirem seus anúncios de uma “maneira mais responsável” e critica ainda Scream Queens, outra série de Ryan Murphy, o criador de AHS.

Segundo o representante do grupo, a série estreante contém cenas gráficas de “decapitações e discussões sobre necrofilia em um horário para a família, e todas as cenas patrocinadas pelo McDonalds”.

A estreia de American Horror Story: Hotel, em 7 de outubro, foi vista por 5,81 milhões de espectadores e teve 3.0 pontos na audiência qualificada (18-49 anos), números inferiores ao da estreia da quarta temporada, American Horror Story: Freak Show, assistida por 6,13 milhões e com 3.1 pontos de share – tal première foi a mais assistida da história do canal FX.

Lady Gaga já foi convidada pelo criador da série, Ryan Murphy, para retornar na sexta temporada – leia mais.

Gaga interpreta a protagonista Elizabeth/Condessa, a rica dona do hotel assombrado, que é administrado por Iris (Kathy Bates). Interessada por arte, moda e pessoas, Elizabeth tem um plano nefasto que será revelado logo no primeiro episódio. Bissexual, ela “terá relacionamentos com os personagens de Matt [Bomer], Angela [Bassett], Cheyenne [Jackson] e Finn [Wittrock]”, adiantou Murphy.

Tudo sobre American Horror Story: Hotel