Desde que a HBO anunciou suas estreias para o início de 2016, especula-se que o retorno de Game of Thrones pode ser adiado.

Com o lançamento da série Vinyl e as novas temporadas de Girls e Togetherness chegando em fevereiro – e não tradicionalmente em janeiro – chegou a ser cogitado um “efeito dominó” na programação do canal, que empurraria a estreia da sexta temporada de Game of Thrones para o final de abril ou começo de maio.

No entanto, o motivo por trás do atraso pode ser outro. Segundo o Hollywood Reporter, parte do possível retorno tardio de Game of Thrones – que costuma ocorrer sempre no início de abril – se deve ao sexto e penúltimo livro da saga, “The Winds of Winter”, que está sendo escrito por George R.R. Martin.


O atraso poderia ser uma estratégia para dar tempo ao autor finalizar a obra e aproveitar seu material ainda na nova temporada. Até este ponto, a série épica já exauriu grande parte, se não todo, o material da saga de Martin, tornando a sexta temporada uma grande incógnita em relação ao que será utilizado dos livros e o que será material original – por isso a “urgência” de se estrear a temporada depois do lançamento do novo volume.

A especulação é ascendida pela participação de George R.R. Martin na série Z Nation, que vai ao ar nesta sexta-feira (30), nos EUA.

No episódio, o escritor interpreta uma versão zumbificada de si mesmo que, mesmo com sua condição, está tentando terminar o livro de Game of Thronesveja imagens.

Reencontro de irmãos e mais mortes na sexta temporada

As filmagens da sexta temporada de Game of Thrones estão acontecendo na Espanha.

Game of Thrones deve terminar em seu oitavo ano, segundo o presidente da HBO. Recentemente, o autor George R.R. Martin afirmou que “tudo é possível” no final da série.

“O show está avançando como um trem, ou como um trem a jato”, disse Martin em entrevista ao Geek Wire. “Eles estão escrevendo roteiros de 60 páginas, e eu estou escrevendo romances de 1500 páginas. Então, quem sabe? Só vou contar minha história, e eles estão adaptando. Houve um período em que eu estava preocupado com isso, mas não mais”, declarou.

As mortes mais chocantes da série

Tudo sobre: Game of Thrones