Atenção para spoilers!

A chocante morte de Jerome no terceiro episódio da segunda temporada de Gotham abriu espaço para a introdução de um novo candidato à Coringa na série. E tal “candidato” a viver o icônico vilão pode ser uma mulher.

O criador de Gotham, Bruno Heller, falou sobre a possibilidade em entrevista ao ComicBook.com: “É 100% possível. Dois dos temas centrais do universo da DC são tranformação e revelação. Eu não digo que isso seja brincar com as expectativas das pessoas ou expectativas de gênero, mas absolutamente consideramos a possibilidade de uma Coringa mulher… Mas deixa eu parar por aqui antes de eu revelar mais coisas [risos]”.


“Nada é tão estranho ou tão bizarro ou tão chocante para nós descartarmos”, continuou. “E algumas das coisas mais chocantes e surpreendentes inevitalmente vão acabar parando na série, seja para o deleite ou terror dos fãs. Enquanto as pessoas estiverem respondendo e envolvidas [com o programa], nós fizemos nosso trabalho”.

O site também questionou o showrunner sobre a teoria de que Barbara Kean pode se tornar o Coringa, afinal, a própria série indicou que o legado de Jerome vai inspirar outras pessoas – e Barbara trabalhou muito perto de Jerome nos últimos episódios. Heller apenas riu e disse que “tudo é possível”.

Ao Deadline, Bruno Heller disse que a morte de Jerome “é uma reviravolta que levará a mais reviravoltas”. “A criação do Coringa é uma história maior e mais épica do que as pessoas pensavam, e esta série é sobre histórias profundas e secretas. Então, conforme o programa se desenrola, as pessoas verão como uma mitologia nasce, como uma forma cultural é criada, e isso nos levará para o verdadeiro Coringa. Mas, para mim, Jerome é genuinamente a mãe e o pai do Coringa. Ele é a semente do Coringa (continue lendo a entrevista aqui).

Nos chocantes eventos do episódio “The Last Laugh” (A Última Risada), Jerome (Cameron Monaghan) tenta matar Bruce Wayne (David Mazouz), mas acaba sendo morto por outro vilão, Theo Galavan (James Frain), que o apunhala na garganta, durante uma transmissão ao vivo, numa falsa tentativa de se mostrar o salvador de Bruce diante da cidade de Gotham.

Na segunda temporada de Gotham, Pinguim é o rei da cidade e após uma reestruturação no Departamento de Polícia de Gotham, a bússola moral do detetive James Gordon oscila conforme ele procura a ajuda de Pinguim. Enquanto isso, Bruce Wayne continua a explorar os segredos do escritório secreto do pai, ao mesmo tempo em que os recém-chegados a Gotham Theo Galavan (James Frain) e sua irmã Tabitha (Jessica Lucas) fazem amizades com alguns aliados improváveis: um perigoso grupo de prisioneiros do Asilo Arkham.

Michael Chiklis (Nathaniel Barnes), James Frain (Theo Galavan), Natalie Alyn Lind (Silver St. Cloud, interesse amoroso de Bruce Wayne), Jessica Lucas (a vilã Tigresa), Léo Fitzpatrick (o gangster Joe Pike) e Michelle Veintimilla (Vagalume) são os novos rostos do elenco.

Saiba quando Batman e Superman vão aparecer na série

Tudo sobre: Gotham