Atenção para spoilers!

O último episódio de The Walking Dead, exibido na noite de domingo (25), chocou os fãs com a possível e inesperada morte de um dos personagens principais.

Intitulado “Thank You”, o episódio indicou uma morte precoce de Gleen (Steven Yeun) que, nos quadrinhos, perde a vida nas mãos de Negan – vilão que ainda não foi introduzido na série.


Prevendo uma comoção do público, o showrunner de The Walking Dead, Scott M. Gimple, liberou um comunicado, já lido no programa The Talking Dead – que discute os episódios da série de zumbis logo após suas exibições – para esclarecer o controverso episódio e elucidar o destino de Gleen.

O produtor não confirmou a morte do personagem, mas também não tranquilizou o público:

“Queridos fãs de The Walking Dead, essa é uma história difícil de contar e, quando planejamos contá-la, já sabíamos que nossos amigos do ‘Talking Dead’ estaria conversando sobre o assunto com vocês. E sei que todos vocês estariam comentando e se lamentando, por isso nós devemos dizer algo, para que nosso silêncio não seja interpretado de forma errada. Então vou dizer isso: de alguma forma, nós veremos Gleen de novo, alguma versão dele, ou partes de Gleen novamente, seja em flashback ou no presente, para completarmos sua história”.

Com isso, Gimple deixa implícito que Gleen deve mesmo ter perdido a vida.

Veja mais abaixo as primeiras cenas do próximo episódio, que será estendido, com 90 minutos, e vai ao ar em 1º de novembro.

(Trailer)

(Clipe)

Tudo sobre: The Walking Dead