George R.R. Martin, autor de Game of Thrones, declarou durante sua visita a Universidade Northwestern que não esperava que a série de TV fosse alcançar os livros da sua saga “As Crônicas de Gelo e Fogo”.

“A série conseguiu me alcançar, algo que eu achava que nunca iria acontecer. Eu tinha uma larga vantagem [no começo da série da HBO], mas a verdade é que eu sou um escritor muito lento”, admitiu Martin que, no momento, está finalizando o sexto e penúltimo livro.

Martin retornou à faculdade onde se formou para receber um prêmio por sua contribuição ao jornalismo. Lá, ele revelou ainda que se inspirou na gélida temporada de inverno da Chicago de 1967 para criar a Muralha.


“Meu inverno mais rigoroso foi em Chicago. Tinha tanta neve, tanto gelo, tanto frio lá que você não conseguia ver nada. Foi uma experiência que nunca esqueci”.

Ele também falou brevemente sobre o destino de Jon Snow em Game of Thrones: “Sem comentários. Só digo para lerem os livros”, disse o escritor, não confirmando nem desmentindo a morte do personagem.

As filmagens da sexta temporada estão acontecendo na Espanha e sua estreia pode ser adiada. Com o lançamento das novas séries e temporadas da HBO chegando em fevereiro – e não tradicionalmente em janeiro – chegou a ser cogitado um “efeito dominó” na programação do canal, que empurraria a estreia da nova temporada de Game of Thrones para o final de abril ou começo de maio.

No entanto, o motivo por trás do atraso pode ser outro. Segundo o Hollywood Reporter, parte do possível retorno tardio de Game of Thrones – que costuma ocorrer sempre no início de abril – se deve ao sexto e penúltimo livro da saga, “The Winds of Winter”, que está sendo escrito por George R.R. Martinleia mais.

Game of Thrones deve terminar em seu oitavo ano, segundo o presidente da HBO. Recentemente, o autor George R.R. Martin afirmou que “tudo é possível” no final da série.

“O show está avançando como um trem, ou como um trem a jato”, disse Martin em entrevista ao Geek Wire. “Eles estão escrevendo roteiros de 60 páginas, e eu estou escrevendo romances de 1500 páginas. Então, quem sabe? Só vou contar minha história, e eles estão adaptando. Houve um período em que eu estava preocupado com isso, mas não mais”, declarou.

Tudo sobre: Game of Thrones