De acordo com o Deadline, a Netflix adquiriu os direitos de exibição do remake de Perdidos no Espaço (Lost in Space), clássica série de ficção científica dos anos 1960.

A rede de streaming venceu uma acirrada disputa com emissoras de TV dos EUA pelos direitos da nova versão, descrita como uma “épica, mas realista, saga de ficção científica focada em uma jovem família de exploradores espaciais que se perde em um universo alienígena e devem enfrentam juntos os desafios aparentemente insuperáveis”.

Na atração original, a família Robinson é escolhida para ser pioneira na colonização do espaço. Durante a missão, a nave é sabotada pelo vilão Dr. Zachary Smith e assume uma rota perigosa, deixando a família presa no espaço.


Matt Sazama e Burk Sharpless, roteiristas de Drácula: A História Nunca Contada, escreveram o episódio piloto e também servirão como produtores principais do remake. Neil Marshall também ajudará na produção executiva, além de dirigir o primeiro episódio.

Não há cronograma definido para o novo Perdidos no Espaço.

A série original foi exibida entre 1965 e 1968 e teve três temporadas, com um total de 84 episódios, produzidas.

Em 1998, o seriado ganhou uma versão cinematográfica, estrelada por Gary Oldman, William Hurt, Mimi Rogers e Matt LeBlanc.