Bones termina ano com tragédia, mas criadora alerta: “Não somos Game of Thrones”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Atenção para spoilers do último episódio!

Bones encerrou 2015 dando um desfecho trágico para um de seus personagens e com a promessa de um futuro nebuloso para outros dois.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos minutos finais do último episódio, exibido na noite de quinta (10) nos EUA, descobrimos que a explosão que atingiu Hodgkins resultou em consequências irreparáveis: a espinha dele foi danificada e ele ficará paralítico.

A explosão também feriu gravemente Aubrey, mas ela deve se recuperar do incidente.

A co-showrunner John Collier foi questionada pelo TV Line se chegou a considerar matar ambos os personagens.

“Nós não somos Game of Thrones, disparou. “Nós amamos os dois. O melhor para a série é ter os dois na série”, justificou.

Apesar desse sentimento de auto-preservação de personagens, as notícias não são boas para o casal principal da série, Booth e Brennan, já que a produtora adiantou uma grande ameaça aos personagens na segunda metade da 11ª temporada.

“Algo de fora vai acontecer e colocará o casal sob coação. No ano passado, fizemos o vício em jogos de Booth voltar à tona e ameaçar seu relacionamento [com Brennan]. Mas agora, é uma força externa que vai ameaçá-los”, disse, em tom misterioso.

Bones não tem previsão para retornar do hiato de fim de ano nos EUA, mas a showrunner acredita que a série terá novos episódios entre março e abril de 2016.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio