The Walking Dead | Showrunner aponta diferenças entre Negan e Governador

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Scott Gimple, o produtor principal de The Walking Dead, descreveu Negan (Jeffrey Dean Morgan), um dos maiores vilões dos quadrinhos e que será introduzido no final da sexta temporada da série, como uma mistura de personagem carismático e assassino sem remorso.

Ao TV Line, o showrunner ainda comparou Negan com outro grande vilão de The Walking Dead, o Governador:

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Na minha opinião, o Governador é mais desprezível e danificado. O mais assustador em Negan é que ele não é um psicopata. Ele é carismático e engraçado. Até mesmo amigável. Mas ele mata sem se incomodar com isso. Ele é o astro do seu próprio filme, mas não é maluco. Você não consegue argumentar com ele porque ele acha que sempre está com a razão e que sabe a maneira como o mundo funciona. Negan também tem esse bizarro senso de empatia com as pessoas. Robert [Kirman] criou um dos maiores personagens da cultura pop dos últimos 20 anos. E nós desesperadamente queremos acertar o tom dele”, descreveu Gimple.

Em entrevista recente, o criador dos quadrinhos, Robert Kirkman, garantiu que a série de TV sofrerá mudanças drásticas com a introdução do vilão a ser feito por Jeffrey Dean Morgan.

Já o ator prometeu que o personagem “será diferente de tudo que já viram” – leia aqui.

Um maiores vilões dos quadrinhos que originaram a série, Negan é conhecido por sua propensão à violência e por sempre carregar um taco de beisebol coberto de arame farpado, chamado por ele de “Lucille”.

Atenção para os spoilers do último episódio!

O prólogo do último episódio de 2015 de The Walking Dead, que adianta a premissa da segunda parte da temporada, fez a primeira menção da série a Neganassista aqui.

Nela, Daryl (Norman Reedus), Sasha (Sonequa Martin-Green) e Abraham (Michael Cudlitz) são emboscados por uma gangue de motoqueiros que exige as armas deles e murmuram uma temida palavra, da qual os sobreviventes ainda não conhecem sua periculosidade: “Suas propriedades agora pertencem a Negan (Jeffrey Dean Morgan)”.

A anticlimática midseason finale de The Walking Dead preparou terreno para um futuro incerto e ainda mais ameaçador aos sobreviventes, que terão de batalhar contra errantes, Lobos e o grupo de Negan no retorno da série, em 14 de fevereiro – leia a crítica do episódio.

Tudo sobre: The Walking Dead

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio