The Walking Dead | Último episódio teve a segunda maior audiência do ano

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O final da primeira metade da sexta temporada de The Walking Dead conquistou a segunda maior audiência do ano da série, mas não conseguiu superar o midseason finale do ano passado.

Segundo dados preliminares (via Nielsen), The Walking Dead registrou média de 14 milhões de telespectadores e 7 pontos na audiência qualificada (18-49 anos) no domingo (29), só ficando atrás da estreia da temporada em 11 de outubro, que teve 14,63 milhões de espectadores e 7,4 pontos de share.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Comparado com o midseason de 2014, o último episódio deste ano de The Walking Dead perdeu 5% de público (ano passado 14,8 milhões de pessoas acompanharam o final da primeira parte da temporada).

Além disso, os oito primeiros episódios de 2015 da série de zumbis, vistos por 13,2 milhões, apresentaram uma queda de 8% em relação aos primeiros episódios da quinta temporada.

Atenção para os spoilers do último episódio!

A anticlimática midseason finale de The Walking Dead preparou terreno para um futuro incerto e ainda mais ameaçador aos sobreviventes, que terão de batalhar contra errantes, Lobos e o grupo de Negan no retorno da série, em 14 de fevereiro – leia a crítica do episódio.

O prólogo do último episódio adiantou a premissa da segunda parte da temporada e fez a primeira menção da série a Neganassista aqui.

Nela, Daryl (Norman Reedus), Sasha (Sonequa Martin-Green) e Abraham (Michael Cudlitz) são emboscados por uma gangue de motoqueiros que exige as armas deles e murmuram uma temida palavra, da qual os sobreviventes ainda não conhecem sua periculosidade: “Suas propriedades agora pertencem a Negan (Jeffrey Dean Morgan)”.

Tudo sobre: The Walking Dead

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio