Narcos | “Erraram na escolha do Pablo Escobar”, diz Wagner Moura em programa americano

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Wagner Moura compareceu ao programa de Jimmy Fallon nesta sexta-feira (8) para falar sobre a série Narcos, que lhe rendeu uma indicação de Melhor ator em série dramática.

E o intérprete de Pablo Escobar tirou de letra as críticas ao seu sotaque ao brincar sobre sua escalação:

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Foi algo muito louco. A ideia era fazer a série em inglês. Eu pensei que seria difícil, mas poderia falar inglês com sotaque. Eu acho que erraram o elenco”, brincou.

“Quando decidiram me contratar para fazer Pablo Escobar, pensei: ‘esses caras estão loucos’. Então me mudei para a Medellin, na Colômbia, para aprender espanhol”, continuou. “Eu estava supermagro, com 18kg a menos, e não falava uma palavra sequer em espanhol”, acrescentou.

Assista parte da entrevista do ator brasileiro:

Narcos, que também foi indicada ao Globo de Ouro de melhor série dramática, retorna com novos episódios pela Netflix em 2016.

Narcos conta a história real dos esforços dos Estados Unidos e Colômbia para combater o temido traficante Pablo Escobar (Moura) e o cartel de Medellín, uma das organizações criminosas mais ricas e impiedosas da história.

O seriado reúne novamente o criador e produtor-executivo José Padilha (Tropa de Elite, RoboCop) com Wagner Moura. Completam o elenco internacional: o americano Boyd Holbrook (Garota Exemplar) e o chileno Pedro Pascal (Game of Thrones), que interpretam agentes da DEA; os colombianos Juan Pablo Raba (El corazón del océano) e Manolo Cardona (Covert Affairs); a britânica Joanna Christie (Once); as mexicanas Stephanie Sigman (do vindouro 007: Spectre) e Ana de la Reguera (Nacho Libre); o brasileiro André Mattos (Tropa de Elite); e o porto-riquenho Luis Guzman (Boogie Nights).

“Não precisamos de dragões, temos cocaína!”, diz ator de Game of Thrones sobre série

Eric Newman (Filhos da Esperança), Carlos Bernard (O Aprendiz de Feiticeiro) e Chris Brancato (Hannibal) assinam a produção executiva ao lado de José Padilha.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio