Supergirl pode ter introduzido versão feminina de Bizarro

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O último episódio de Supergirl, exibido nesta segunda-feira (4) nos EUA, surpreendeu ao introduzir uma possível versão feminina de Bizarro – uma espécie de Superman monstruoso nos quadrinhos.

O produtor executivo Andrew Kreisberg já havia adiantado que Bizarro seria um dos próximos vilões da série, e os minutos finais do episódio de fato indicam isso, mostrando a transformação de uma paciente que sofreu trauma cerebral no icônico vilão – veja mais abaixo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Se de fato a versão feminina for confirmada, pode ser baseada na fase dos quadrinhos assinada por Sterling Gates e Jamal Igle.

O canal CBS recentemente encomendou sete episódios adicionais para Supergirl, garantindo assim uma encomenda de temporada completa para a série. O primeiro ano da atração será encerrado com um total de 20 episódios.

A série da Supergirl gira em torno de Kara Zor-El (Melissa Benoist, de Glee) que, aos 12 anos, foi enviada de seu moribundo planeta Krypton para a Terra, onde foi acolhida pela família Danvers, que a adotou e ensinou Kara a ser cuidadosa com seus extraordinários poderes.

Após reprimir suas habilidades por mais de uma década, aos 24 anos Kara é forçada a expor seus poderes em público durante um inesperado desastre. Empolgada com o seu primeiro ato de heroísmo, ela começa a abraçar suas habilidades sobrehumanas para ajudar as pessoas de sua cidade e se tornar a heroína que estava destinada a ser.

Greg Berlanti (Arrow, The Flash) assina a produção executiva ao lado de Geoff Johns, chefe da DC Comics.

No Brasil, Supergirl é exibida pelo canal pago Warner.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio