The Flash | Produtor fala sobre decisões de Barry, Terra-2 e volta de Tubarão Rei

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Depois dos eventos de cortar o coração do último episódio de The Flash (leia aqui), o produtor Andrew Keisberg deu uma super entrevista para a Variety falando tudo sobre as motivações de Barry Allen e também adiantando as emoções e ameaças dos próximos episódios.

Confira a entrevista a seguir:

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Por quê era importante que Barry fizesse uma escolha tão difícil novamente, depois de ter sido confrontado com um dilema tão ou mais importante no final da temporada passada?

O desafio de Barry nessa temporada pode ser resumido naquela mensagem em vídeo que Wells/Thawne o deixou no começo do ano, dizendo “eu vou te dar a coisa que você mais quer no mundo, mas você ainda assim não vai ser feliz, porque você nunca vai ser feliz”. E Barry descobriu que, mesmo que seu pai esteja fora da cadeia, não tê-lo por perto não é legal, e as coisas estão desmoronando com Patty, e agora ele teve a chance de derrotar seu maior inimigo de novo, e não pôde fazê-lo. Então está tudo caminhando para fazer Barry pensar que “se eu conseguir derrotar Zoom, eu posso ser feliz”, porque Barry não sabe que ele é um personagem em uma série de TV, que vai enfrentar vilões ano após ano (risos). Então ele acha que há um final que ele pode alcançar, e se ele alcança-lo ele haverá se curado e substituído todas as coisas que perdeu.

Barry pareceu aceitar que perdeu Patty essa semana – esse é mais um jeito dele se manter focado?

É uma parte do processo de ter Barry perdendo coisas que lhe fazem bem, para que ele pense que a única escolha que ele tem para ser feliz é derrotar Zoom. Nós amamos a Shantel [intérprete de Patty], e ela tem sido um trunfo para a nossa série, mas achamos que fazer nosso protagonista perder esse relacionamento seria melhor para a narrativa que estamos construindo – mas nós, muito conscientemente, não a matamos, então ela ainda pode voltar.

O episódio 12 da temporada se focará no relacionamento entre Wally (Keiynan Lonsdale) e Iris (Candice Patton). O quê mais você pode adiantar?

É um episódio interessante, porque o problema de Wally com as corridas de rua começou a se tornar maior, a afetar ele e Joe. E Iris assume seu lado jornalístico e tenta se inserir nessa história, então em grande parte é ela que conduz a narrativa do episódio, e há ótimos momentos emocionais entre ela e Wally, e entre Wally e Joe (Jesse L. Martin). Como eu disse no começo do cano, por conta de tanto do drama familiar da família Allen ter sido resolvido na temporada passada, esse ano nos focamos mais na família West, mas o processo de mostrar Iris, Joe e Wally tentando navegar essa “família instantânea” da qual passaram a fazer parte é importante para nós. O episódio é dirigido por Rachel Talalay, que dirigiu os dois últimos anos de finales de Doctor Who, então é claro que ficamos animados por trabalhar com ela, e ele é talentosa e incrível, e entregou um episódio espetacular.

No episódio 13, a série focará um pouco na Terra-2; o quanto esse universo paralelo aparecerá nessa segunda metade da temporada?

Os episódios 13 e 14 são uma única história. O episódio 13 se chama “Welcome to Earth-2”, e o 14 “Escape from Earth-2”, então a maioria desses episódios ocorrerá na Terra-2, e definitivamente visitaremos novamente essa realidade ainda nessa temporada. É como a trama de viagem no tempo da temporada passada, nós queremos lentamente deixar as pessoas entrar nesse mundo paralelo e, quando elas entenderem do que se trata, começar a abraçar esse aspecto da trama.

O Tubarão Rei vai voltar no episódio 15, que ainda contará com a visita de dois personagens de Arrow, John Diggle (David Ramsey) e sua esposa Lyla (Audrey Marie Anderson). Diggle tem problemas com super-heróis e meta-humanos, como já vimos na série em que ele faz parte – como ele reagirá à loucura de Central City?

Ele está vindo com a esposa, como você disse, então é uma outra história! Lyla já viu de tudo, trabalha para o ARGUS, então não é fácil chocá-la. Parte da diversão do episódio é que Dig ainda não está acostumado com The Flash, e sua esposa está, afinal todos nós já vimos ela experimentar os efeitos dos poderes de The Flash, então há uma espécie de química Sr. e Sra. Smith entre eles. Mas, como sempre quando há um crossover, não é só uma brincadeira, porque Barry está em um lugar delicado, e ter Diggle, que é um soldado, ali para lhe dar alguns conselhos é uma coisa valiosa. É um episódio divertido. E todos nós nos impressionamos com o Tubarão Rei tanto quanto os espectadores, porque o desafio é sempre construir esses personagens e descobrir a melhor forma de contar histórias com eles. Nós não queríamos que nenhum desses episódios dessa fase da temporada fosse algo que você poderia perder. Tivemos um vilão legal semana passada com o Tartaruga, e agora o Flash Reverso, e depois os episódios na Terra-2, e depois Tubarão Rei e o crossover.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio