The Walking Dead | Produtores falam sobre Negan e final chocante da temporada

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Atenção para spoilers da série a seguir!

Como já dissemos na nossa análise do episódio que encerrou a sexta temporada de The Walking Dead neste domingo (3) com um dos cliffhangers mais intensos da história da série, Negan (Jeffrey Dean Morgan), o líder dos Salvadores, escolhe alguém do grupo de sobreviventes de Rick para matar com seu taco de beisebol enrolado em arame farpado, Lucille. O detalhe é que não vimos exatamente quem foi o escolhido por Negan, e só descobriremos em outubro, quando o sétimo ano da série chegar.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Depois disso tudo, os produtores Scott M. Gimple e Robert Kirkman foram ao programa The Talking Dead para falar sobre os acontecimentos chocantes do episódio. “Eu acho que para uma série que vai entrar na sétima temporada, ter esse evento enorme que vai impulsionar as coisas por muitos anos ainda é ótimo, coloca tudo em um ótimo lugar”, disse Kirkman sobre a introdução de Negan.

Gimple defendeu a decisão de não mostrar a vítima de Negan. “O final da história que estávamos contando é esse que o público viu. Descobrir quem foi a vítima e como isso vai mudar os personagens e as circunstâncias, essa é a próxima história que vamos contar”, explicou.

Criador confirma que vítima de Negan é “um dos favoritos do público”

“Além disso, como fã, eu adoro ganchos”, acrescentou Kirkman. “E se você ler os quadrinhos, você vai ver que cada revista acaba com um cliffhanger, com raras exceções, e eu acho isso muito divertido. Eu acho que a história desse episódio é sobre a perda de confiança que Rick sofreu, porque ele entrou nessa contra os Salvadores cheio de confiança. Esse episódio, e o final dessa história, é sobre derrubar as noções que Rick tem de si mesmo, então o cliffhanger é mais uma conclusão do que pode parecer”, finalizou.

Gimple ainda citou Lost para defender o final em suspenso. “Quando os personagens de Lost abriram a escotilha no meio da Ilha, tivemos que esperar a próxima temporada para descobrir o que havia dentro dela. Eu gosto de ficar pensando nesses mistérios, e conversando sobre esses mistérios. E isso nos coloca um desafio de te dar uma conclusão que faça você pensar ‘então tudo bem, vocês jogaram limpo’ no sétimo ano, uma revelação que realmente mude a configuração desse universo”.

Sobre o personagem de Negan, Kirkman comentou: “Eu acho que pela perspectiva dele, ele é o herói dessa história. E eu acho que se estivéssemos acompanhando ele desde o começo, estaríamos totalmente a bordo dessa perspectiva”.

“Eu me senti muito orgulhoso do elenco no momento da primeira cena de Negan, porque Jeffrey chegou pela primeira vez e fez essa cena longa e intensa, e o elenco, que nós não vemos em cena o tempo todo, está passando a dor que esses personagens sentem para ele. Eu me senti mal por Jeffrey ter que carregar esse fardo”, completou Gimple.

As mortes mais chocantes da sexta temporada

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio