Wagner Moura pode ser Aécio Neves em série de José Padilha sobre Operação Lava Jato

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após a Netflix oficializar a série sobre a Operação Lava Jato com o comando de José Padilha (Narcos, Tropa de Elite, Robocop), surgiram as primeiras informações sobre seu elenco. Segundo a Folha de S. Paulo, Wagner Moura está sendo cotado para viver Aécio Neves em uma participação especial.

Caso feche um acordo, Moura repetirá a parceria com Padilha e a Netflix após Narcos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Milhem Cortaz e Maria Ribeiro também são sondados para o elenco. A série, sem título definido, procura ainda intérpretes para o japonês da federal e Dilma Rousseff.

“Esse projeto vai narrar a operação policial em si e mostrar detalhes sobre o maior esquema de corrupção já visto no Brasil”, afirmou José Padilha em comunicado. “Era fundamental que a série fosse produzida com imparcialidade, e a Netflix é com certeza o melhor parceiro para que isso possa ser concretizado”, acrescentou.

“A Netflix reconhece o talento de José Padilha em transformar os eventos atuais ainda em constante evolução em narrativas atraentes, e ele está bem posicionado para documentar este momento importante na história do Brasil”, declarou Erik Barmack, vice-presidente de Originais Internacionais da Netflix.

Dirigida por José Padilha e escrita por Elena Soares (Xingu, Filhos do Carnaval, Casa de Areia), a produção terá suas filmagens iniciadas no Brasil ainda este ano. O lançamento está previsto para 2017.

A série será a segunda original da Netflix produzida no Brasil, depois do thriller sci-fi pós-apocalíptico 3%, que vai ser disponibilizado até o final deste ano.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio